Tireóide com Doppler Colorido

Atenção, abrir em uma nova janela. PDFImprimirE-mail

A Ultrassonografia com Doppler Colorido de Tireóide aliou uma técnica não invasiva, que é a ultra-sonografia, com as informações sobre a tireóide e seu respectivo fluxo sanguíneo, sendo muito útil para determinar a gravidade de algumas doenças da Glândula Tireóide e acompanhar a melhora com o tratamento ou, no caso de nódulos ajuda a diferenciar entre benignos e malignos.

Esta imagem em cores é sobreposta à imagem em escala de cinzas no plano bidimensional da ultra-sonografia em tempo real, permitindo identificar o fluxo e o sentido do sangue.

É um método que não utiliza nenhum tipo de radiação e não apresenta efeitos colaterais.

Preparo:

Este exame não necessita de preparo prévio.

  • Procure usar roupas confortáveis, preferencialmente de duas peças.
  • Caso tenha exames anteriores relacionados à região a ser examinada pedimos a gentileza de trazê-los. A comparação com exames anteriores proporciona diagnósticos mais precoces e evita, muitas vezes, a realização de incidências adicionais.